Will e Will

Resenha de: Will e Will; Um nome, um destino

Esta obra é o pdownloadrimeiro livro de John Green que eu leio, não chega a ser o mais conhecido, principalmente se comparado com títulos como: Quem é você, Alasca?, A culpa é das Estrelas, Teorema Katherine e Cidades de Papel. Esse romance foi escrito em parceria com o autor David Levithan e cada um dos autores fica responsável por dar voz a um Will Graysson.

Os dois Wills apesar de serem os narradores da história, além de personagens títulos, gravitam em torno de um personagem principal, Tiny Cooper. O aluno “mais gay” e melhor amigo do Will Grayson (John Green), esse é um menino tímido que mora com os seus pais médicos, ele havia se afastado de Tiny após ter feito uma carta defendendo o amigo do preconceito dos outros jogadores do time de futebol americano, e começar a ser alvo de piadas maliciosas.

Já Tiny Cooper é um adolescente carismático e espalhafatoso, que está produzindo um musical sobre a sua vida, e até a finalização do espetáculo muitas coisas vão acontecer com todos que estão ao seu redor.

O outro Will (David Levithan) é um menino deprimido que mora com a mãe e tem um namorado virtual, chamado Isaac. Will marca um encontro com ele num Sex Shop em Chicago e é nesse ponto que a história dos dois Will’s se cruzam. Infelizmente ou felizmente para Will (David) ele vai encontrar algo completamente diferente do que ele imaginava.

Os dois autores utilizam diversos elementos vivenciados pelos adolescentes, tais como identidades falsas para ir a um show, uma piada de mal gosto de uma amiga do Will gay para ele assumir a sua homossexualidade, a descoberta de uma atração por uma garota, à história tem um clima leve e dar para ver que ela foi escrita para um público bastante especifico.

Contudo o inicio do livro é um pouco confuso e eu particularmente tive dificuldade de pegar o ritmo, a divisão dos capítulos não dá agilidade a trama, e a edição da parte de autoria de David Levithan todos os substantivos próprios estão em letra minúscula o que me deixou ligeiramente incomodado. Fora isso o romance não tem nada de extraordinário, chega ser um pouco superficial até, é uma obra que pode ser lida tranquilamente sem muita preocupação ou questionamentos.

11261053_828997797180414_1868411802_n

Anúncios

2 comentários sobre “Will e Will

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s